Marketing de Conteúdo 2018-06-14T22:43:38+00:00
Conheça a estratégia que nos fez conseguir uma taxa média de 7000% de crescimento no tráfego orgânico de todos nossos clientes até hoje. Este guia mostrará como promover sua marca com sucesso, atrair leads mais qualificados e cultivar relacionamentos com clientes por meio do marketing de conteúdo.

Conceituando marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é sobre informação. Em outras palavras, é a comercialização de uma empresa ou marca através do compartilhamento de conteúdo educacional, divertido e perspicaz que acabará por ajudar os leitores a melhorar suas vidas. Isso pode ser na forma de uma mudança no comportamento pessoal ou, como muitos profissionais de marketing esperam, pode ser na forma de uma decisão de compra. Não se trata de forçar um discurso de vendas para as pessoas, mas ajudá-las a avançar para o melhor curso de ação  (que pode ser comprando de você). O marketing de conteúdo é definido como uma abordagem de marketing estratégico focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido. Eu diria que isso resume com precisão, mas também vamos apresentar para você a definição utilizada por nós da Traff :  
Marketing de conteúdo é uma forma de atingir seu público-alvo e aumentar sua rede de potenciais clientes através da criação de conteúdos de alto valor, transformando sua marca em referência na área.
Em 2016, poucas empresas duvidam do poder do marketing de conteúdo, mas, infelizmente, apenas algumas empresas o estão executando com a habilidade e o conhecimento realmente necessários para causar impacto. Se você já leu algum conteúdo nosso, provavelmente já nos ouviu usar o termo “Inbound Marketing”. O conteúdo e o Inbound são frequentemente usados ​​de forma intercambiável, mas para minimizar a confusão, explicarei a diferença.

Inbound marketing versus marketing de conteúdo

A diferença entre inbond marketing e marketing de conteúdo depende de para quem você pergunta. No entanto, a maioria dos profissionais de marketing concorda que o marketing de conteúdo é um subconjunto do inbound marketing, que por sua vez é uma forma de fazer marketing digital. Veja só: O marketing de conteúdo está dentro do Inbound Marketing, que está dentro do Marketing Digital Esse esquema, apesar de extremamente simples, representa muito bem a relação entre marketing de conteúdo e Inbound. O marketing de conteúdo refere-se ao ato de compartilhar conhecimento, aconselhamento ou entretenimento em um formato de consumo que pode incluir:
  • Artigos do blog
  • Vídeos
  • Podcasts
  • Postagem em redes sociais
  • Emails
  • Webinars
  • Infográficos
  • Desenhos animados
  • Quizzes
  • Calculadoras
  • Apps
Já o Inbound marketing utiliza técnicas (como o marketing de conteúdo) para gerar e nutrir leads para uma venda. Ou seja, o Inbound inclui todos os aspectos de marketing e vendas digitais, preocupando-se sempre com a atração dos leads. Segunda uma pesquisa da Hubspot, a criação de conteúdo para blog é a principal estratégia utilizada em projetos de Inbound Marketing. Veja o gráfico disponibilizado pela marca: O gráfico mostra que a criação de conteúdo para blog é a prioridade em estratégias de Inbound Marketing
Saiba como o conteúdo pode salvar sua estratégia de marketing digital clicando aqui.

Blog: o rei do marketing de conteúdo

Os artigos de blog foram pioneiros no marketing de conteúdo. Os blogs se tornaram comuns no mundo dos negócios, assim como na sociedade em geral. Ele permite que as pessoas acessem informações de alta qualidade gratuitamente. Quando o conteúdo informativo é compartilhado por meio de um blog de negócios, você inevitavelmente aparece como um especialista do setor, que não apenas mantém os visitantes retornando ao seu blog, mas também pode transformar esses leitores em compradores em potencial. Quando você compartilha conteúdo livremente, ele permite que sua empresa crie confiança com seus leitores. Afinal, você está fornecendo dicas e informações do setor de graça.

E-books, vídeos e e-mails

Os blogs são apenas uma porta de entrada para outros meios de marketing de conteúdo. Embora os artigos de blogs sejam frequentemente os mais eficientes para tratar de forma rápida e completa os tópicos da indústria, estes outros formatos utilizados no marketing de conteúdo funcionam como um veículo mais detalhado para partilhar informações e converter clientes. Os e-books, por exemplo, permitem que uma quantidade extensa de informações seja compartilhada em relação a algum ponto trabalhado pela empresa. Estes geralmente se concentram no que é mais perguntado pela sua persona, e se esforçam para explicar e apontar os leitores na direção certa para você! Os vídeos são muitas vezes uma boa mudança de ritmo e são mais atraentes para os compradores. Divirta-se com isso, pois os grandes tendem a se tornar virais, o que pode trazer todo tipo de tráfego e atenção para sua marca. Tudo o que é feito no marketing de conteúdo é feito na esperança de que as empresas possam obter as informações de contato do leitor (ou seja, transformem os leitores em leads). Independentemente de os leitores estarem se inscrevendo na sua newsletter ou simplesmente preenchendo formulários para acessar e-books ou outras ferramentas úteis, eles estão concedendo a você um contato futuro com eles, fornecendo seu endereço de e-mail pessoal. Ter assinantes de e-mail permite que sua marca compartilhe mais conteúdo, eduque leads e, eventualmente, feche esses leads em vendas por meio de várias campanhas por e-mail.

Por que apostar em marketing de conteúdo?

A relação marketing de conteúdo – SEO

Há muitas coisas que você pode fazer para melhorar o SEO do seu site, no entanto, nada chega perto do impacto do marketing de conteúdo no poder de ranqueamento do seu site. Marketing de conteúdo e SEO estão intimamente ligados e correlacionados. Um marketing de conteúdo bem feito ajuda seu site a ranquear melhor no Google, enquanto o conhecimento em SEO é o responsável por fazer isso acontecer. Veja as figura abaixo: A imagem mostra o marketing de conteúdo e o SEO sendo vistos separadamente A imagem mostra que existe uma interligação entre o marketing de conteúdo e o SEO E isso faz todo o sentido. O conteúdo, simplesmente, é apenas informação. O Google busca:
Combinar as informações mais relevantes e de mais alta qualidade com as consultas de pesquisa de seus usuários.
Quando você escreve um conteúdo com o objetivo de alcançar a primeira página do Google, você tenta alcançá-la por meio de uma keyword específica. Mais keywords é igual a mais oportunidades de classificação nos motores de busca. Nós temos um guia completo para te ensinar os segredos do SEO. Caso tenha interesse, basta clicar aqui. Vamos te mostrar agora como o marketing de conteúdo de conteúdo e as técnicas de SEO são complementares. SEO indica os requisitos. O marketing de conteúdo os cumpre. Em cada um dos pontos abaixo, declaro exatamente o que o SEO exige e como o marketing de conteúdo atende a esse requisito.  
  • SEO exige conteúdo. O marketing de conteúdo é conteúdo.
  Não existe SEO sem conteúdo. Você precisa de palavras, artigos, substância, keywords. Eu estremeço sempre que tenho que dizer, porque é tão clichê, mas é verdade. Nós não discutimos mais sobre isso. É obrigatório para trabalhar SEO fazer conteúdo. E o que é marketing de conteúdo? É conteúdo. A aplicação prática do SEO (conteúdo) é a própria substância do marketing de conteúdo. SEO exige keywords. Marketing de conteúdo significa usar keywords. Aqui está outra característica do SEO: Keywords. Ninguém argumentaria que um componente fundamental do SEO são as keywords  pesquisá-las, utilizá-las e rastreá-las no ranking das SERPs (páginas de resultados de busca). Mas como se aplica o uso de keywords? Como toda a pesquisa é canalizada para sua aplicação prática? Chama-se marketing de conteúdo. A única maneira de usar suas keywords é empregá-las estrategicamente em todo o seu conteúdo. O marketing de conteúdo consiste em conteúdo de alto nível, escrito para humanos e usando as keywords que você está segmentando.
  • SEO exige backlinks. O marketing de conteúdo introduz backlinks.
SEOs sonham com backlinks – um enorme, gordo, de um site com domínio de autoridade 98, que liga ao seu site. Ou, um .edu incrivelmente poderoso lançando um link para o artigo do seu blog. Este sonho de SEO só pode se tornar realidade se você estiver liberando conteúdo estelar através do marketing de conteúdo. A melhor maneira de conseguir esses links é publicar conteúdo de qualidade altíssimas e deixar que as massas se conectem a ele. Este é o caminho real para o sucesso contínuo de SEO. Se você quer este componente importante do SEO, você tem que ter o elemento indispensável do marketing de conteúdo. A única maneira de obter um backlinks é ter conteúdo que valha a pena.  
  • SEO exige otimização técnica no site. O marketing de conteúdo precisa garantir uma ótima experiência do usuário (UX).
  Eu antecipo que alguns profissionais de SEO ainda podem se opor ao meu ponto, pelo menos em parte. Aqui está o porquê. SEO é mais do que apenas artigos de blog, keywords e backlinks. SEO é sobre como otimizar o código do site, melhorar metas descriptions, utilizar tags apropriadas e construir um sitemap estratégico. SEO também envolve o aspecto técnico. Sim. E, sim, isso também está tangencialmente relacionado ao marketing de conteúdo. Essa otimização técnica é implementada para o bem do usuário seja o usuário pesquisando, selecionando ou lendo seu conteúdo. É preciso pensar nesses aprimoramentos de uma perspectiva de experiência do usuário. Esses componentes técnicos de SEO estão presentes para servir o usuário e promover seu conteúdo. Novamente, o link entre SEO e conteúdo é visível e imutável. Por que você quer um bom sitemap? Assim, as pessoas podem encontrar e acessar seu conteúdo com mais facilidade. Por que você quer um código otimizado? Assim, os mecanismos de pesquisa podem rastrear melhor seu site e, assim, os leitores podem ver o conteúdo. Por que você quer as tags certas nos lugares certos? Assim, seu conteúdo pode obter indexação estelar, resultados de pesquisa precisos e mais leitores de seu conteúdo. Tudo volta ao conteúdo.  
  • SEO exige entrega consistente. O marketing de conteúdo requer consistência.

  O Google gosta de conteúdo novo e há muito tempo. Se você conhece SEO, sabe que o conteúdo atualizado é indexado rapidamente e registra um nível mais alto nas SERPs do que o conteúdo mais antigo de baixo valor. Quando esse novo conteúdo aparece em um site com autoridade histórica, você pode ter certeza de que ele terá um aumento de SERP. Bom SEO, então, significa entrega consistente de conteúdo. Entrega consistente significa que você está fazendo marketing de conteúdo e está fazendo certo. Não há maneira de contornar isso. Você faz isso e continua fazendo isso. E assim por diante. Marketing de conteúdo e SEO convergem novamente.

Marketing de Conteúdo em Relações Públicas

A internet quebrou barreiras que antes impediam que as empresas atingissem seu público-alvo. Há alguns anos, aparecer na TV era difícil ou caro agora você pode enviar um vídeo para o YouTube ou Facebook e alcançar milhões de pessoas gratuitamente. A mesma coisa vale para fazer um anúncio. Você não precisa de um publicitário para se comunicar com seus clientes e fãs. Postagens no blog substituíram os comunicados de imprensa. O Facebook Live substituiu a conferência de imprensa tradicional. Tudo o que você precisa para o RP está bem na ponta dos seus dedos, e é principalmente grátis!

Marketing de Conteúdo é um novo Padrão da Indústria

Se todos os outros benefícios do marketing de conteúdo não o convencerem de por que sua empresa deve usá-lo, considere o fato de que o marketing de conteúdo é essencial para construir uma marca em 2018 e nos próximos anos que virão. Nós passamos do ponto em que fazer marketing de conteúdo dá à sua empresa uma grande vantagem sobre a concorrência. Hoje em dia, não fazer marketing de conteúdo coloca sua empresa em uma tremenda desvantagem. Todos os mercados e dados demográficos estão consumindo informações on-line e, muito simplesmente, o marketing de conteúdo é marketing de acordo com os padrões atuais.

Práticas recomendadas para um marketing de conteúdo bem feito

Então você está familiarizado com o marketing de conteúdo, sabe o que ele é e sua importância em uma campanha eficaz de Inbound Marketing, mas você está fazendo isso corretamente? Como mencionado em nossa introdução, essa é geralmente a área com a qual a maioria dos profissionais de marketing falha, mas, felizmente, seguindo algumas práticas recomendadas básicas, podemos ajudá-lo em sua busca para criar conteúdo relevante e de qualidade.

Atualize seu blog frequentemente

Simplificando, o blog é o caminho mais rápido para criar uma plataforma para compartilhar e transformar sua marca em uma máquina geradora de conteúdo. Considere esta estatística: as empresas que trabalham com blogs atualizados obtêm 55% mais visitantes em seus sites site do que aquelas que não o fazem. Isso ajudará muito a sua posição nos mecanismos de pesquisa, o que, por sua vez, ajudará a  direcionar o tráfego mais relevante para o seu site

Compartilhe através das redes sociais

As redes sociais estão entre os recursos mais valiosos que uma empresa pode ter. Sites como Facebook, Twitter e LinkedIn estão repletos de membros do seu nicho de audiência e outros clientes em potencial esperando para serem encontrados. Por isso, não deixe de compartilhar seu conteúdo com eles! Pode até mesmo ajudar a responder muitas das suas perguntas ao mesmo tempo que estabelece a sua credibilidade. Você gastou tempo para criar blogs de qualidade, portanto, compartilhá-los por meio de redes sociais maximizará o potencial de cada postagem individual e ampliará seu alcance por meio de compartilhamentos e discussões entre seus seguidores.

Crie conteúdo que valha a pena ler

Como discutimos acima, os clientes em potencial têm dúvidas ou problemas que você deve mirar em seu conteúdo. No entanto, uma boa maneira de afastar esses clientes em potencial é entregar a eles conteúdo mal construído. O conteúdo interessante é uma das três principais razões pelas quais as pessoas seguem as marcas nas redes sociais. (Fonte: Conteúdo+)

Forneça benefícios

Seu conteúdo deve ter valor real, que pode incluir informações úteis, conselhos de instruções aplicáveis ​​ou até mesmo entretenimento. Tem de haver algo para captar a atenção do leitor e, em última análise, seus negócios. Artigos que ensinar o “como” tendem a ter um desempenho muito bom com os clientes. Por quê? Bem, as pessoas estão constantemente buscando novas informações, e artigos que são formatados para responder perguntas são incrivelmente valiosos. Não só as pessoas respondem bem a elas, mas ajudam a estabelecer sua empresa como referência. Se você puder fornecer respostas às perguntas que seu comprador possui, é provável que ele retorne a você no futuro para obter mais informações. Quanto mais você puder ajudar as pessoas ou dar a elas algo de verdadeiro benefício, mais favorável elas verão sua marca e mais provavelmente elas contarão a outras pessoas sobre você!

Procure Urgência

A urgência é poderosa porque leva as pessoas a agir. Acredite, você vai querer inspirar urgência com seu conteúdo. Faça o seu melhor para criar conteúdo que exija que seu público sue um pouco. Trabalhe em busca de informações novas e relevantes que sejam sensíveis ao tempo, mas de grande valor. O detalhamento das tendências do setor é eficaz porque dá ao seu público as informações privilegiadas, além de encorajá-lo a agir e implementar as próprias táticas. Se você souber de uma oportunidade limitada no tempo, compartilhe-a com eles o mais rápido possível. Qualquer coisa que faça com que os leitores tomem providências é bom para você, pois isso provavelmente os beneficiará mais rapidamente e os incentivará a agir em relação ao conteúdo futuro que você produz (bem como às seus CTAs).

Desperte a curiosidade

Seu público está procurando informações que facilitem sua vida e forneçam soluções para seus problemas. Aproveite isso. Faça o seu melhor para implementar manchetes que as pessoas simplesmente não podem evitar. Isso significa que você realmente precisa começar a pensar fora da caixa. Não apenas você deve procurar resolver seus problemas, mas também deve fazer o melhor para encontrar uma maneira de manter seu conteúdo interessante. É fácil responder a uma pergunta sobre a qual você está qualificado, mas é mais eficaz apresentar as informações em um formato novo e criativo. É também aqui que ajuda a ser honesto com suas opiniões, desde que você deixe seus leitores saberem que são apenas opiniões. Como um especialista em sua indústria ou assunto, as pessoas genuinamente se importam com o que você realmente pensa não apenas com o que você deveria dizer. Alimente sua curiosidade e dê a verdade. A curiosidade é a mesma razão pela qual a marca pessoal é tão eficaz no marketing de conteúdo. As pessoas estão curiosas sobre os rostos por trás das marcas que compram.

Toque na emoção

Embora você não queira criar todo o seu conteúdo em torno dele, as informações que evocam emoções podem ser extremamente eficazes. A emoção age como um grande motivador quando se trata do processo de compra, no entanto, é importante apelar para a emoção sem fazer com que as pessoas sintam que estão sendo manipuladas. Um ótimo conteúdo joga com suas emoções, ao mesmo tempo em que utiliza a lógica para estabelecer confiança e credibilidade. No entanto, um toque de emoção ajudará você a criar conteúdo poderoso e também aumentará as chances de o público compartilhar o conteúdo para justificar sua reação emocional com os outros. Aproveitar a emoção não significa que você está tentando fazer seus leitores chorarem ou se sentirem assustados. Existem diversas emoções e você pode criar conteúdo para cada uma delas.

Crie conteúdo que converta

Com uma forte estratégia de marketing de conteúdo, as empresas descobriram que são capazes de melhorar a aquisição de seus clientes, fornecendo conteúdo personalizado que atenda às suas necessidades em cada etapa do processo de compra. Enquanto os profissionais de marketing tradicionais costumavam questionar a capacidade do marketing de conteúdo, agora eles estão menos focados em descobrir se esse tipo de estratégia funciona e mais focados em entender como ela está funcionando. No entanto, o problema com o marketing de conteúdo é que o conteúdo tem que ser notável para que as coisas corram bem. Conteúdo fraco vai desmoronar e lançar uma luz negativa sobre a credibilidade da pessoa antes que ela possa trazer uma conversão para casa. Seu conteúdo se destacará no meio da multidão? Isso gerará lucro? Apresentamos três dicas para você pensar de maneira mais estratégica, para poder começar a  produzir conteúdo que seja convertido.  
  • Identifique seu público
  Quem são as pessoas com maior probabilidade de se tornarem clientes? O objetivo é começar a apresentar conteúdo que eles realmente querem consumir; conteúdo que não parece muito marketing. Comece fazendo perguntas como:
  • Qual o papel dos meus clientes ideais no local de trabalho?
  • Quais são os seus interesses / desafios?
  • Onde eles costumam “sair” online?
  • Quais são seus dados demográficos?
Ao definir perguntas como essa, você pode descobrir informações sobre seus clientes em potencial que simplificarão a maneira como você cria conteúdo para elas. Detalhes específicos como esses buscam melhorar seus esforços de segmentação fornecendo informações suficientes para personalizar o conteúdo e aproximar as pessoas de uma decisão de compra positiva.  
  • Entenda também seus pontos de melhoria
  É aqui que você realmente suja as mãos. Sua equipe de vendas ou gerentes de contas provavelmente conhecerão os prós e contras de seus pontos de vista de perspectiva melhor do que ninguém. Talvez seja hora de você programar um tempo um-a-um com eles para descobrir um pouco. Para orientar seus clientes no funil de vendas com eficiência, você deve se tornar fluente em seu idioma. O que há no seu produto ou serviço que irá atrair seus potenciais clientes até você? Que problema seu produto ou serviço tem como objetivo resolver? A razão pela qual a identificação de pontos dolorosos é tão importante para o sucesso de seus esforços de marketing é que ela tem a capacidade de diferenciar os clientes comuns dos clientes certos. Você quer ter certeza de que os clientes para os quais está fazendo marketing são clientes para os quais sua empresa pode fornecer soluções personalizadas . Por que isso é tão importante? Bem, clientes satisfeitos certamente nunca prejudicaram a reputação de uma empresa.  
  • Torne-se um solucionista
  Você quer criar conteúdo que possa falar por você quando você não está presente. Recursos autônomos que são fortes o suficiente para fornecer respostas às suas perguntas de maneira rápida e simples. Você quer usar o seu conteúdo para pintar uma imagem das soluções estratégicas que eles precisam colocar em prática, a fim de aliviar seus pontos problemáticos. Pensando e agindo como um solucionador, você gera mais valor ao seu relacionamento com clientes em potencial. Não só serve como uma maneira de se destacar em relação aos seus concorrentes, mas permite que você se posicione na luz mais favorável possível. Usando o insight que você selecionou para guiar a direção do seu conteúdo futuro, você descobrirá que o tempo e a energia que você coloca na criação de conteúdo se tornarão mais lucrativos. É importante que os criadores de conteúdo evitem abordagens que visem divulgar o valor de seu produto ou serviço sozinho. Pense menos vendas, mais educação. Quanto mais você ajudar seu público-alvo, maior será a probabilidade de que ele retorne ao seu site e acabe se convertendo.

Crie e respeite seu calendário editorial

Uma prática recomendada de marketing de conteúdo importante que é negligenciada com muita frequência é o uso de um calendário de conteúdo (ou calendário editorial). Isso é um erro grande e que pode gerar problemas futuros. Já dissemos que o conteúdo deve ter um nível alto de qualidade e também seguir uma frequência. Manter um calendário editorial sempre atualizado permite que você visualize bem suas pautas, entenda para qual etapa do funil de vendas ela está focada e gerencie melhor seu tempo de produção, levando em consideração qual dia cada conteúdo deverá ser publicado. Para quem trabalho com marketing de conteúdo, calendário editorial é obrigatório, não opcional.  

Marketing de Conteúdo

 

Conheça a estratégia que nos fez conseguir uma taxa média de 7000% de crescimento no tráfego orgânico de todos nossos clientes até hoje.

Este guia mostrará como promover sua marca com sucesso, atrair leads mais qualificados e cultivar relacionamentos com clientes por meio do marketing de conteúdo.

Conceituando marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é sobre informação. Em outras palavras, é a comercialização de uma empresa ou marca através do compartilhamento de conteúdo educacional, divertido e perspicaz que acabará por ajudar os leitores a melhorar suas vidas.

Isso pode ser na forma de uma mudança no comportamento pessoal ou, como muitos profissionais de marketing esperam, pode ser na forma de uma decisão de compra.

Não se trata de forçar um discurso de vendas para as pessoas, mas ajudá-las a avançar para o melhor curso de ação  (que pode ser comprando de você).

marketing de conteúdo é definido como uma abordagem de marketing estratégico focada na criação e distribuição de conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido.


Eu diria que isso resume com precisão, mas também vamos apresentar para você a definição utilizada por nós da Traff :

Marketing de conteúdo é uma forma de atingir seu público-alvo e aumentar sua rede de potenciais clientes através da criação de conteúdos de alto valor, transformando sua marca em referência na área.

Em 2016, poucas empresas duvidam do poder do marketing de conteúdo, mas, infelizmente, apenas algumas empresas o estão executando com a habilidade e o conhecimento realmente necessários para causar impacto.


Se você já leu algum conteúdo nosso, provavelmente já nos ouviu usar o termo “Inbound Marketing”. O conteúdo e o Inbound são frequentemente usados de forma intercambiável, mas para minimizar a confusão, explicarei a diferença.

São Paulo – Brasil

SOBRE NÓS

Desde 2018 ajudando empresas a aumentarem o seu tráfego orgânico.